10 de setembro de 2016

Capa/Manifesto – Marcus Schmickler & Julian Rohrhuber – Politiken der Frequenz (2014) [Editions Mego, Tochnit Aleph]

?????????????

28 de agosto de 2016

10 Posters de Filmes

Movie Poster 23 Movie Poster 27Movie Poster 54 Movie Poster 58 Movie Poster 59 Movie Poster 62 Movie Poster 66 Movie Poster 79 Movie Poster 119 Movie Poster 34

21 de agosto de 2016

László Moholy-Nagy – 4 Fotografias (Alta Resolução)

László Moholy-Nagy – Ascona

László Moholy-Nagy – Head

László Moholy-Nagy – Photogram

László Moholy-Nagy – Siesta

 

László Moholy-Nagy - Ascona László Moholy-Nagy - Head László Moholy-Nagy - Photogram László Moholy-Nagy - Siesta

21 de agosto de 2016

Dorothea Lange – 7 Fotografias (Alta Resolução)

26 de maio de 1895, Hoboken, Nova Jersey, EUA
11 de outubro de 1965, São Francisco, Califórnia, EUA
Dorothea Lange - Child and Her Mother, Wapato, Yakima Valley, Washington Dorothea Lange - Crossroads Store, Alabama Dorothea Lange - Damaged Child, Shacktown, Elm Grove, Oklahoma Dorothea Lange - First Born, Berkeley Dorothea Lange - J.R. Butler, President of the Southern Tenant Farmers' Union, Memphis, Tennessee Dorothea Lange - The Road West, New Mexico Dorothea Lange - Tractored Out, Childress County, Texas
20 de agosto de 2016

Man Ray – 4 Fotografias (Alta Resolução)

Man Ray – Man Ray

Man Ray – Noir et Blanche

Man Ray – Rayograph

Man Ray – Sleeping Woman

 

Man Ray - Man Ray Man Ray - Noir et Blanche Man Ray - Rayograph Man Ray - Sleeping Woman

20 de agosto de 2016

Tina Modotti – 4 Fotografias (Alta Resolução)

16 de agosto de 1896, Údine, Itália
6 de janeiro de 1942, Cidade do México, México
“Foi uma fotógrafa italiana, modelo, atriz e ativista política revolucionária.” 
Tina Modotti – Mother and Child, Tehuantepec, Oaxaca, Mexico
Tina Modotti – Roses, Mexico
Tina Modotti – Telegraph Wires
Tina Modotti – Worker’s Hands
Tina Modotti - Mother and Child, Tehuantepec, Oaxaca, Mexico Tina Modotti - Roses, Mexico Tina Modotti - Telegraph Wires Tina Modotti - Worker's Hands
20 de agosto de 2016

Eadweard J. Muybridge – 4 Séries(Alta Resolução)

Eadweard J. Muybridge – Cricket, Batting and Drive from Animal Locomotion

Eadweard J. Muybridge – Jumping; Hand-Spring; Somersault; Springing over a Man’s Back from Animal Locomotion

Eadweard J. Muybridge – Studies of Foreshortenings

Eadweard J. Muybridge – Throwing an Iron Disk from Animal Locomotion

Eadweard J. Muybridge - Cricket, Batting and Drive from Animal Locomotion Eadweard J. Muybridge - Jumping; Hand-Spring; Somersault; Springing over a Man's Back from Animal Locomotion Eadweard J. Muybridge - Studies of Foreshortenings Eadweard J. Muybridge - Throwing an Iron Disk from Animal Locomotion

27 de julho de 2016

Poemas de Forough Farrokhzad (Teerã, 1935-1967)

SAUDAREI O SOL NOVAMENTE

Eu saudarei o sol novamente
Saudarei os córregos que fluem de mim
Saudarei as nuvens, meus longos pensamentos
O doloroso crescimento das flores no jardim
Que me acompanham na travessia da seca;

Saudarei os bandos de corvos que me trouxeram
A fragrância dos campos noturnos;
Minha mãe morava no espelho
E era a imagem da minha velhice;
A terra, com minha luxúria cotidiana
Preencheu suas entranhas, apaixonadamente, com sementes verdes.
Saudarei tudo isso novamente.
Eu virei, eu virei,
eu virei com meus cabelos: a continuação dos odores subterrâneos
Com meus olhos: as densas experiências da escuridão
Com as plantas que colho
Da floresta, atrás do muro.
Eu virei, eu virei, eu virei
E a chegada será preenchida de amor
E lá
Saudarei mais uma vez os apaixonados
E a menina que está em pé
Na entrada,
cheia de amor.

Traduções do livres inglês para o português realizadas por Gabriela Galli, a partir do livro Once again, Another Birth. Editor: Tofighafarin, Irã.

___________
MAIS TARDE

A minha morte chegará um dia
Um dia na primavera, luminoso e gracioso
Um dia de inverno, poeirento, distante
Um dia vazio de outono, desprovido de alegria.

A minha morte chegará um dia
Um dia doceamargo, como todos os meus dias
Um dia oco como o que passou
Sombra de hoje ou de amanhã.

Os meus olhos adaptam-se à penumbra dos pátios
As minhas faces parecem frio, pálido mármore
Subitamente o sono arrasta-se sobre mim
Livro-me de todos os gritos dolorosos.

Lentamente minhas mãos deslizam sobre anotações
Que chegaram até mim debaixo do feitiço da poesia,
Relembro que outrora em minhas mãos
Retive o sangue flamejante da poesia.

A terra convida-me para os seus braços,
As gentes reúnem-se para me sepultar aqui
Talvez à meia-noite os meus amantes
Coloquem sobre mim coroas de muitas rosas.

tradução: Vasco Gato.

Retirados de:

http://www.revistazunai.com/traducoes/forough_farrokhzad.htm

http://alfabeto.blogspot.com.br/2005/08/forough-farrokhzad.html

108861_3469_0d38f954d3b241f09d9cd3d1c920eff4_original

24 de junho de 2016

Roberto Matta (1911 – 2002) 3 Pinturas (Alta Resolução)

Matta - Listen to Living Matta - The Onyx of Electra Matta - The Vertigo of Eros

18 de junho de 2016

Gerard Ricther (1932-) 5 Pinturas (Alta Resolução)

Gerhard Richter - Clouds Gerhard Richter - Helen Gerhard Richter - Meadowland Gerhard Richter - October 18, 1977 Gerhard Richter - Self-Portrait