Mês: junho 2014

Pensamentos

“Um passeio casual por um hospício mostra que a fé não prova nada.” Friedrich Nietzsche

“Há momentos em que silenciar é mentir.” Unamuno

“A boa educação é moeda de ouro: em toda parte tem valor.” Padre Antônio Vieira

“A experiência é uma professora muito severa porque primeiro ela aplica a prova e, somente após, vem a lição.” Vernon Law

“Cada fracasso ensina ao homem algo que necessita aprender.” Charles Dickens

“Se a sua vida é isenta de fracassos, então você não está assumindo os riscos necessários” H. Brown

“Não somos o que a sociedade e o acaso fizeram de nós, e sim o que escolhemos ser, desde o mais profundo do nosso ser.” Peter Koestenbaum

“A prisão não são as grades, e a liberdade não é a rua; existem homens presos na rua e livres na prisão. É uma questão de consciência” Gandhi

“O único tirano que aceito neste mundo é a vozinha silenciosa dentro de mim.” Gandhi

“Nunca a fortuna põe um homem em tal altura que não precise de um amigo.” Sêneca

“Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento. Mergulhe no que você não conhece.” Clarice Lispector

“Nada se esquece mais lentamente que uma ofensa e nada mais rápido que um favor.” Martinho Lutero

“Quem recebe um benefício, não deve esquecê-lo; quem o faz, não deve lembrá-lo.” Charron

“A mente ama o desconhecido. Ela ama imagens cujo significado é desconhecido. A mente por si própria é desconhecida.” René Magritte

“Só uma guerra é permitida à espécie humana: a guerra contra a extinção.” Isaac Asimov

“A natureza segue seu curso, e tudo que nos parece uma exceção está realmente dentro da ordem, seguindo seu rumo.” Johann Wolfgang von Goethe

“Reflete antes de agir: o que dói em ti, dói também no teu semelhante.” Anônimo

“Não acredites que possas evoluir sem problemas ou que consigas aperfeiçoar-te sem sacrifícios.” Anônimo

“Como nós somos produtos da natureza não há defeito que não possa se tornar uma virtude, nem uma virtude que não possa se tornar um defeito.” Johann Wolfgang von Goethe

“Um homem é um sucesso se pula da cama de manhã e vai dormir a noite, e nesse meio tempo faz o que gosta.” Bob Dylan

“Quando falares, cuida para que tuas palavras sejam melhores que o silêncio.” Anônimo

“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez.” Jean Cocteau

“Amigo é aquele que nos conhece a fundo e mesmo assim nos ama.” Anônimo

“Quem reconhece os próprios erros prova que hoje já tem mais sabedoria que ontem.” T. Kempis

“Ajudai-me, óh Manitu, a não julgar meu semelhante antes que eu tenha andado sete dias com suas sandálias.” Provérbio dos Índios Sioux

“A inteligência é praticamente inútil para quem só tem a ela.” Albert Jacquard

“Se a historia ensina alguma coisa, é que o mal é difícil de vencer, tem uma resistência fanática e jamais cede por vontade própria.” Martin Luther King

“Numa discussão, o difícil não é defender nossa opinião, e sim conhece-la.” A. Mourdis

“Reaja inteligentemente mesmo a um tratamento não inteligente.” Lao-Tse

“Não vemos as coisas como elas são, e sim como nos parecem.” Talmude

“Qualquer um pode zangar-se, isto é fácil. Mas zangar-se com a pessoa certa, na medida certa, na hora certa, pelo motivo certo e da maneria certa, não é fácil.” Aristóteles

“Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um feito, mas um hábito.” Aristóteles

“Como posso querer que meus amigos entendam as coisas loucas que passam pela minha cabeça, se eu mesmo, não entendo?” Salvador Dali

“Nada é permanente. A não ser a mudança.” Heraclito

“É preciso ser duro sim, mas sem perder a ternura, jamais.” Ernesto Che Guevara

“O grande homem é aquele que não perdeu a candura de sua infância.” Provérbio Chinês

“O prazer dos grandes homens consiste em tornar os outros mais felizes” Pascal

“O tesouro mais bem guardado é aquele que está num lugar onde todos veem.” Le Yi-King

Anúncios

Balzac (1789-1850) -Pensamentos (Parte 2)

Para o desespero do homem, ele nada pode fazer que não seja imperfeito, tanto para o bem quanto para o mal. Todas as suas obras intelectuais ou físicas estão marcadas com um signo de destruição. Ele nada mais é que um usufrutuário das coisas.

Uma coisa digna de nota é o poder de efusão que possuem os sentimentos. Por mais grosseira que seja uma criatura, a partir do momento em que ela expressa uma afeição forte e verdadeira, ela exala um fluido peculiar que modifica a fisionomia, anima o gesto, colore a voz. Muitas vezes, o ser mais estúpido chega, sob o esforço da paixão, à mais alta eloquência na ideia, quando não na linguagem, e parece se mover em uma esfera luminosa.

Existem duas espécies de discrições: ativa e negativa. A discrição negativa é a dos tolos que utilizam o silêncio, a negação, o ar carrancudo, a discrição das portas fechadas, verdadeira impotência. A discrição ativa procede por afirmação.

Talvez seja da natureza humana impor todos os sofrimentos a quem tudo sofre por verdadeira humildade, por fraqueza ou por indiferença. Nós não gostamos de provar a nossa força à custa de alguém ou de alguma coisa? O ser mais débil, o garoto, toca a campainha de todas as portas quando está nevando e escala para escrever seu nome num monumento virgem.

O remorso é mais que um pensamento, ele provém de um sentimento que não esconde mais do que o amor e que tem sua tirania.

Para todo mundo, esperar uma infelicidade indefinida constitui um horrível suplício. O sofrimento adquire então as proporções do desconhecido, que certamente é o infinito da alma.

Mergulhando no fundo das volúpias, trazemos mais cascalho do que pérolas.

O bom gosto tanto está no conhecimento das coisas que se deve calar quanto no das coisas que se pode dizer.

A glória é o egoísmo divinizado.

Estamos habituados a julgar os outros por nós, e se nós os absolvemos complacentemente dos nossos defeitos, os condenamos severamente por não terem as nossas qualidades.

Em termos de civilização, nada é absoluto. As ideias que convêm a uma região são mortais em uma outra; e ocorre com as inteligências a mesma coisa que com os territórios.

Tudo se torna sério na vida humana quanto a eternidade pesa sobre a mais leve de nossas determinações. Quando essa ideia age com toda sua potência sobre a alma de um homem e faz que ele sinta em si um não sei quê de imenso que o põe em contato com o infinito, as coisas se modificam estranhamente. Desse ponto de vista, a vida é bem grande e bem pequena.

A delicadeza que é sempre bem-sucedida talvez seja a maior de todas as forças.